Membros

Samba Gafieira

 

 

 

Tem sua origem no Rio de Janeiro e é um estilo de dança muito admirado pela beleza de ganchos de perna entre casal. Uma dança cheia de charme e elegância.


Gafieira denomina tanto o local quanto a dança em si. Surgiu em meados do fim do século XIX e no início do século XX, tradicionalmente frequentada pelas classes mais humildes, uma alternativa de entretenimento.


As gafieiras sempre existiram no município do Rio de Janeiro, a mais tradicional delas é a Estudantina, atualmente há outras gafieiras espalhadas principalmente pelo bairro da Lapa, no Centro do Rio de Janeiro, entre eles o tradicional Clube dos Democráticos, o Lapa 40º, Carioca da Gema, etc.


Gafieira Show é uma das misturas que saiu do samba, onde predomina a elegância e o respeito, as composições coreográficas que são baseadas na Dança de Salão e possui o molejo e a malandragem do samba do início do século passado, relatando a boemia e a magia do Rio de Janeiro antigo.

 

Curiosidades


Antigamente, o malandro da Lapa fazia uso de um terno branco, sapatos preto e branco, ou marrom e branco, camisa preta e branca ou azul e branca, listradas horizontalmente, por debaixo do paletó, além de um Chapéu Panamá ou Palheta – há uma confusão sobre esses dois chapéus, parecidos de longe, porém, de perto bem diferentes – e, dentro do bolso uma navalha. A mão sempre ficava dentro de um bolso na calça segurando a navalha em prontisão para o ataque; a outra gesticulava normalmente; suas pernas não andavam uma do lado da outra, paralelas, mas sempre escondendo o movimento de outra, como se estivesse praticamente andando sobre uma linha.


Dançando, o dito “malandro” sempre protege sua dama, dando a ela espaço para que ela possa se exibir para ele e para o baile inteiro ao seu redor e , ao mesmo tempo, impedindo uma aproximação de qualquer outro homem para puxá-la para dançar. Dai também a atitude de sambar com os braços abertos, como se fosse dar um abraço, além de entrar no ritmo da múscia, proteger sua dama. A principal figura do samba de gafieira é o gancho, que, como próprio nome diz, pode ser utilizado como início de um passo, ligação para outro passo ou até mesmo para finalização de uma frase de passos.