Membros

Dança do Ventre

 

 

 

Amplamente difundida no Brasil e no mundo, contando com muitas adeptas, é uma dança cercada por elementos fascinante como graça, leveza e elegância. Caracterizada pela leitura precisa de melodias e ritmos orientais.

   

Origem da Dança do Ventre

 

O verdadeiro nome desta dança originalmente falando é Racks elSharqi, que significa Dança do Leste, não está conectada apenas ao ventre e sim a todo corpo (cabeça, pescoço, ombros, braços, antebraços, punhos, dedos, coxas, pernas, joelhos, pés, quadril);
O Leste do Egito compreende a Índia e a Arábia Saudita.
Uma das teorias para o surgimento desta dança defende que foram ciganos viajantes que difundiram a dança por toda parte.
Muitos acreditam que a origem da Dança do Ventre ocorreu no antigo Egito por volta de 5.000 a.C, praticado por sacerdotisas em cerimônias fechadas, em culto a Deusa Mãe.
A primeira vez em que se ouviu falar em Dança do Ventre no ocidente foi durante o Chicago Word Fair com a bailarina LitlleEgypt no ano de 1893, no qual observaram a prevalência da utilização dos quadris femininos, denominando-a assim de Belly Dance, que literalmente significa Dança da Barriga.
Na França denominaram como Dance du Ventre ou Dance Oriental Egyptienne.
No Egito há uma diferenciação, entre a dança popular denominada Baladi (passada de pai para filho) e a dança profissional conhecida como Racks elSharqi.